Venture Cargo – Agilidade e precisão nas operações

Inteligência emocional - Empatia

No primeiro artigo sobre inteligência emocional, abordamos o tema equilíbrio que é uma característica muito importante para profissionais nos dias de hoje. No entanto, a inteligência emocional tem outras características fundamentais para a carreira, para o cotidiano do indivíduo e para o dia-a-dia da corporação.

Neste artigo abordaremos o tema empatia e começaremos então pelo seu significado que é a capacidade de identificar-se com o outro e de se colocar no lugar dele em determinadas situações. Porém, a empatia não se resume unicamente a isso, pois é uma capacidade de compreensão diante das mais diversas circunstâncias em que encontramos o outro e como toda habilidade é passível de estudos, treino e aprimoramento. É imprescindível sua interiorização a partir de iniciativa individual, ou seja, deve se tornar uma prática pessoal, levando o praticante a desenvolver características de autoconhecimento.

Uma das principais características do indivíduo empático é a capacidade de compreender a imperfeição humana, analisar condições ambientais e culturais e de renunciar julgamentos a partir dos próprios pontos de vista, o que o faz transparecer uma pessoa tranquila que consegue desvencilhar-se de conflitos desnecessários, além de ter imagem positiva diante de grupos sociais e profissionais.

No ambiente corporativo, onde os mais diversos departamentos envolvem ambientes profissionais distintos que confluem para um bem comum que e o desenvolvimento da empresa, no entanto, se deparam com uma série de variáveis, geradas a partir das características básicas desses departamentos, muitas vezes, divergentes, como departamento compras e departamento financeiro, gerando possibilidades de conflitos. Caso essa corporação tenha a cultura de empatia, incentivando seus colaboradores a colocar-se no lugar do outro, faz com que neste ambiente composto de pessoas empáticas, conflitos podem ser minimizados proporcionando um ambiente agradável, tranquilo, com alta capacidade evolutiva, gerando o crescimento e o melhor desenvolvimento das atividades empresariais.

No mercado de transportes, onde colaboradores se relacionam internamente e, principalmente externamente de forma direta com clientes, fornecedores, outros motoristas durante os mais diversos trajetos, bem como situações com as mais diversas variáveis climáticas, culturais… relacionam-se com departamentos logísticos  envolvidos por culturas empresariais diferentes, essa condição empática pode resultar numa melhor imagem, numa ampliação do conceito de qualidade em relação a empresa, devido a prática dessa característica de inteligência emocional – a empatia.

O mercado diferencia empresas cujo atendimento diante dessas variáveis não perde suas características de qualidade. Empresas em que colaboradores se mantem emocionalmente estáveis e gentis, capazes de se colocar no lugar do outro para que diante de quaisquer situações sejam geradas soluções que beneficiem todos os envolvidos agregam valores e posicionamento mercadológico e a consequente preferência do consumidor.

Lembremos, Uma empresa é composta por seus colaboradores e eles são, sem dúvida alguma, o retrato daquela instituição, portanto Você, colaborador, também é responsável pela imagem de sucesso da empresa em que trabalha.

Fontes:

https://escolaconquer.com.br/blog/inteligencia-emocional-e-o-futuro-do-trabalho
https://fia.com.br/
https://mundoeducacao.uol.com.br/psicologia/inteligencia-emocional.html